Diário de Bordo: aniversário de casamento na Bosnia, Sarajevo centro-Parte 3

Diário de Bordo: aniversário de casamento na Bosnia, Sarajevo centro-Parte 3

https://theiceparadisedois.wordpress.com/2019/03/27/diario-de-bordo-aniversario-de-casamento-na-bosnia-sarajevo-centro-parte-3/
— Ler em theiceparadisedois.wordpress.com/2019/03/27/diario-de-bordo-aniversario-de-casamento-na-bosnia-sarajevo-centro-parte-3/

Diário de Bordo: Congelando na Finlândia,Helsinque-Parte 1

Depois do natal, embarcamos em uma aventura a caminho da Finlândia 🇫🇮 . Dirigimos por 6 horas até Estocolmo e de lá pegamos um navio que levou cerca de 15h até chegar em Helsinque.


Ao colocar os pés em terra, esta foi a primeira visão da cidade:

 


Helsinque é a capital da Finlândia com cerca de 620 mil habitantes.Já foi dominada por russos e suecos, tendo apenas exatos 100 anos de independência.

Nós ficamos hospedados no Scandic Park, um hotel muito charmoso e modernete bem no centro da cidade. Recepção ampla que lembrava muito a sala de uma residência. Sofás e poltronas confortáveis, tvs e pcs para entreter os que tiram o dia para descanso em suas dependências. Um café da manhã de outro mundo, muito farto e delicioso! Pausa para a tortinha arroz que comi aos montes no período que lá estive!



Que coisa gostooosa, afff!!!

Como se não bastasse tantas qualidades, ele fica em frente a um lago e muito próximo a linha de bonde. Mesmo assim, preferimos nos locomover de carro devido ao frio e a nossas crianças, que precisavam de um lugar quentinho e seguro.


No primeiro dia, fomos dar uma volta sem destino certo pelo centro. Visitamos sem querer querendo algumas lojas da Stockmann e seguimos em para uma praça em frente ao Museu de Arte Ateneum.Havia um ringue de patinação do qual ficamos hipnotizados.



Decidimos parar para o almoço no Santa Fé .Não foi a melhor comida do mundo, mas a intenção era nos esconder um pouco do frio.
Depois, tiramos o resto do dia para fazer passeios nas Catedrais mais famosas. São 3:A Catedral Luterana de Helsique, a Catedral Ortodoxa de Uspenski e a Igreja de Pedra.

1. Catedral Luterana de Helsinque


Eu particulamente achei a primeira a mais incrível de todas, por sua amplitude e simplicidade nos adornos. Acho que a grandiosidade do lugar já impõe tanto respeito que não precisa de mais decorações.

2. Catedral Ortodoxa Uspenski

Catedral ostentação, muito bonita por dentro e por fora. São tantos detalhes que fica difícil manter o foco. Será que alguém consegue rezar lá dentro? Eu fiquei encantadíssima!

3.Igreja de Pedra

Engraçado que ela é tida como uma das principais atrações, porém, foi a que menos me impressionou.

Uma espécie de “Minutos de Sabedoria”, em todas as línguas…

E a aventura estava apenas começando! Saudades desses dias!

Imagens- Arquivo pessoal

Diário de Bordo: Weekend em Tallinn, Estônia- Parte 1

Já contei aqui ( post 1, post 2, post 3, post 4, post 5, post 6 and post final)sobre a maravilhosa viagem de férias que fiz com minha família para Riga, na Letônia. Semana passada eu viajei para o país vizinho, a Estônia, em Tallinn. 


Fui com uma amiga querida que também é mãe e precisava de um merecido descanso em terras estrangeiras. Foi uma maneira de nos despedirmos das férias, já que agora a vida social acaba e dá lugar a vários desafios.

Mas vamos falar de viagem que é melhor. Eu estou em uma vibe países bálticos, primeiro por conta da proximidade. É uma viagem curta e depois de aproximadamente 1h30 de vôo chega-se ao destino. Segundo que não é um país muito visado pelo terror. Não tem preço andar com a tranquilidade no olhar de quem sabe que caminha por um local seguro.Terceiro e mais importante, não é tão caro. Tanto a passagem como hospedagem e alimentação cabiam no bolso, muito diferente da Noruega, onde tudo são os olhos da cara.

Vamos começar pela hospedagem. Nós ficamos no Swissotel Tallinn, fica bem próximo ao centro. Em uma caminhada de 15 minutos ou com bonde na rua ao lado, o fácil acesso as atrações foi um ponto forte na escolha deste hotel. Além disso, há shoppings, supermercardos, outlets, (stripclubes e cassinos) aos montes pelas redondezas. Os funcionários são gentis, o prédio é muito bonito, quartos impecáveis com uma fantástica vista. 

Fazendo a pensativa no Janelão do 12ª andar e algumas fotos das instalações abaixo:

Como se não bastasse essas qualidades essenciais, tem um café da manhã farto, piscina morninha, spa, academia de ginástica completa e um restaurante no topo do prédio que tira o ar com um janelão virado para o mar.


E tem gente que não dá valor a isso.Tirei esta foto no restaurante/bar do Swissotel. Um casal no topo de um prédio mara com uma vista espetacular, acompanhados cada um de seus drinks e…o telefone roubou o momento encantado(Ou será que estavam jogando?).

Para quem tem crianças, há um parquinho ao lado do hotel. Fiquei muito satisfeita, recomendo!

Primeiras impressões

Tallinn é um mix de estilos. Ao mesmo tempo que constrói, preserva o passado, sendo assim muito comum encontrar prédios novos ao lado de construções antigas. 


Salta aos olhos tamanha diferença, é muito interessante as combinações.

Outra coisa que chamou minha atenção foi a simpatia dos nativos. Ao contrário dos sisudos letões, os estonianos foram muito prestativos e simpáticos, sempre com um sorriso nos lábios, puxando uma prosa, adorei!!!


Todo mundo posando pra mim!

É também terra de um povo bonito!Preciso dizer que as mulheres são maravilhosas? É uma fábrica de modelos, magérrimas, loiras, altivas, um luxo!!!


É a terra da Carmen Kass

Como chegamos cedo, só deixamos as malas no hotel e corremos para passear no centro. Achamos um restaurante que eu adoro, o Lido. 


Foca na sidra “Cereser” de lá! Maravilhosa!!

Parece-me que é uma rede que se estende por todos os países Bálticos e certamente acharei o mesmo estabelecimento também na Lituânia, no dia que for lá.

Barriga cheia, pé no mundo. Fomos explorar a cidade velha.A primeira atração que conhecemos foi a farmácia mais antiga da Europa, em funcionamento desde 1422.


Depois de caminharmos bastante, pausa para o café com bolo na Chocolateria de Pierre .


A gordice escolhida

Perdição! Nada mal para o primeiro dia!
Imagens- Arquivo pessoal

Diário de Bordo: de gaiata no navio em Frederikshavn, Dinamarca

Sábado retrasado acordei bem cedo e junto com uma turma de amigos fomos em bando de Gotemburgo na Suécia até Frederikshavn na Dinamarca. 


Foi, na verdade, um bate-e-volta onde a atração principal era o passeio de navio e seus entretenimentos. É um programa típico escandinavo onde além do café da manhã rico, a área para jogos, o free shop dos cosméticos, perfumes, bebidas e souvenirs, um deck com música ao vivo, é possível passar o dia na aconchegante cidadezinha dinamarquesa. 

Não é a primeira vez que visito e se depender de mim, não será a última, pois adoro a vibe relax que o lugar tem. Um passeio pelos principais pontos turísticos, um bar para colocar as cervejas em dia e reunir uma galera animada era tudo que eu queria.



O passeio dura três horas de Gotemburgo e 11h se parte de Oslo(ida).A vantagem em ir de Oslo é a festona que acontece no navio. Música ao vivo ou dj, é uma ferveção animadíssima.Porém, não dá para andar muito em Frederikshavn, já que a embarcação fica atracada por apenas duas horas.



É uma cidade bem pequena e dá para curtir tudo em um dia ou dois. O comércio fecha cedo, restando apenas os bares para a diversão. Não precisava de mais, hehehe!

Imagens- Arquivo pessoal