Na telinha: Lykkeland- Série Norueguesa

Na telinha: Lykkeland- Série Norueguesa

https://theiceparadisedois.wordpress.com/2018/12/19/na-telinha-lykkeland-serie-norueguesa/
— Ler em theiceparadisedois.wordpress.com/2018/12/19/na-telinha-lykkeland-serie-norueguesa/

Anúncios

Séries norueguesas

Desde que me mudei para cá que perdi o hábito de assistir tv. Eu ficava bastante frustrada por não compreender completamente o que era dito e acabava por me render aos filmes americano. Com o sucesso do youtube e do netflix então, havia esquecido de vez a tv norueguesa, até que uma amiga minha me passou um link de um programa chamado Svart Humor. Se trata de um programa apresentado por um estrangeiro mostrando de forma bem humorada as diferenças entre a sociedade norueguesa e os imigrantes. Não esqueço nunca as dicas dadas para um imigrante conseguir entrar em uma balada norueguesa e o tiozinho finlandês descascando os nativos daqui.

Tecla sap: o entrevistador pergunta ao tiozinho onde estão os valores noruegueses e ele responde que está na raba, hahaha! Sorry, não deu pra encontrar esse trecho com legenda em inglês.
Depois de devorar toda a temporada e de umas boas gargalhadas, decidi dar uma chance a Skam e olha, desde então não tenho mais vida.
Skam em uma famosa série norueguesa que retrata a vida dos adolescentes no ensino médio em uma escola em Oslo. Os namoros, bulling, gravidez, problemas alimentares e tantos outros desafios enfrentados pelos jovens.
A série legendada em português, muitooo boa!⤵️

O que mais achei interessante foi finalmente entender muito da cultura norueguesa, as gírias, a maneira de pensar e agir, como as meninas muçulmanas interagem em contato com duas culturas tão diferente, as festas, tudo me fez refletir e amar ainda mais a Noruega. 

Além disso, a série meio que preparou para o “por vir”. Sou mãe de uma fofinha que em breve fará 8 anos, é preciso começar um processo de confiança já de agora, pra que lá na frente ela não seja tão influenciável.
Depois dessa série maravilhosa, comecei uma chamada Unge Lovende. 

No estilo de Skam, sendo que mais puxada para os jovens após a escola. Outro choque devrealudade porque aqui eles precisam se virar bem cedo, já que não é comum viver na casa dos pais. Falta trabalho dos sonhos, falta maturidade e assim eles mostram a nada mole vida de um jovem adulto.
Comecei também por esses dias a assistir Valkyrien.

Me parece muito interessante e eu me viciei ainda no primeiro episódio. Estou curtindo muito, só dei uma pausa porque comecei a assistir a série sobre o aeroporto onde eu trabalhava, a OSL 24/7.

Me deu muita saudades da época que trabalhava lá, nossa! Aqui para quem quiser treinar o norsk
https://tv.nrk.no/serie/valkyrien/KMTE40000512/sesong-1/episode-3

Fica a dica pra que curte a Escandinávia e deseja aprender mais sobre a cultura norueguesa!

Precisamos falar sobre Ezra Miller

Já estou em casa. Cheguei em Oslo por volta da meia-noite de hoje e só cai no sono às 2h da madruga.Foda foi acordar às 7h com as meninas super saltitantes e enérgicas. Como conseguem? Só sei que passei o dia me arrastando pela casa, acordada porque era o jeito. Netflix salvou a pátria por algum tempo, minhas filhas adoram os filmes da Barbie. Já eu, me agarrei com o Youtube e por lá assisti o famoso “Precisamos falar sobre o Kevin“. 
O filme me deixou agoniada pela forma como o enredo foi mostrado, os flash back o tempo todo, a coisa não fluia.Tirando esse pequeno grande detalhe, achei muito fodástico porque aquela é a realidade da maternidade. Não quero generalizar, pera lá. Apenas dizer que mesmo tendo condições favoráveis para cuidar de um bebê, chega uma hora que cansa e se a mãe não tem uma ajuda, pode cair em uma deprê é rapidinho. O caso mostrado é ainda pior porque a criança é problemática demais, um verdadeiro fardo para a mãe. Porém, não é disso que quero falar. É do ator Ezra Miller…


Monte de suspiros!
Engraçado que ele não faz o meu tipo, tem uma beleza delicada e perfeitinha demais ( eu curto gordinhos exóticos, rsrs), mas chamou minha atenção e eu só precisava postar aqui. Mais um de meus homens, rs! E nem vem que eu vi primeiro.
Imagens- Reprodução

Desafio de séries(Utilidade pública)

Sabe quando você está com a corda no pescoço e deveria estar estudando, mas tudo é desculpa pra um break? Pois é, pois é, aqui estão minhas respostas:

1. Nunca assisti: The OC


2. Não sinto vontade de assistir: 24 horas


3. Ninguém que eu conheça assistiu (que eu saiba), mas eu gosto: Gilmore Girls


4. Última série que assisti: Suits


5. Tenho preguiça: The Crown


6. A série da minha vida: Homeland


7. Assistiria tudo de novo: Friends


8. Indico: Dexter


9. Tenho vergonha mas assisto/assisti: O canal da Gretchen no youtube e o Fofocando com o Leão Lobo/Mara. 


( ou seja, não tenho vergonha de nenhuma série. Já das torqueiras do youtube,afff)

10. Série que me prendeu em casa: 

Suits, Homeland e Gilmore Girls.

Desafio quem curte séries a fazer o mesmo. Me avisa que eu quero saber as dicas…💋
Imagens-Arquivo Pessoal

Hot Nicholson

Por indicação de uma amiga querida, assisti “Um estranho no ninho” e minha surpresa, além de ter achado o filme foda, foi realmente conhecer o Jack Nicholson jovem…


Hot.hot.hot

A encantadora cara de cafa me fez desejar ter nascido em outras épocas…

O filme merece ser assistido e, eu aviso logo, uma vez que você aperte no play, não tem volta.
Imagens- Reprodução

Uma tapada virtual

Eu cheguei em uma fase da vida que eu simplesmente não tenho energia nem ânimo para mais uma novidade virtual. Já tem um tempo que abandonei o Facebook, Instagram deixei de lado, morro de preguiça do Pokemon Go e só tenho um Snapchat por motivos de que amo a ThaynaraOG. Porém, o Youtube é algo que nunca deixo de visitar um só dia. Acompanho vloggers, estudo, aprendo e me informo de uma maneira que tv não me faz falta. 

Apesar de bem assídua, só descobri há pouco tempo um recurso maravilhoso que deve ser novidade apenas para mim. É uma playlist só com o que está bombando na música pop de determinado país. Eu faço minha ginástica assistindo aos clips e fico em muito deles hipnotizada, seja com a música, a beleza do artista ou a criatividade do vídeo. 

Meu Spotify aumentou consideravelmente a quantidade de canções e isso é de bastante ajuda na academia, quando não há o que fazer, senão encarar as máquinas. Um som bacana torna tudo mais suportável.Abaixo os 5 vídeos que mais gosto:

1. Drake

2. Work, Rihanna!!!

3. Fergie

4. Sangen du hater

5. Sorry,  Beyoncé

Já posso ir pra balada sem passar vergonha 😆

Também no Youtube, descobri dois canais bem famosos que tiram meu ar de tanta gargalhada que dou. São eles:

House of Halo, canal com vídeoclips famosos sem música, apenas com os prováveis barulhos que os artistas fazem na filmagem. Morreeeendo com o Work da Rihanna, hahaha!!!!

Agora, me fala em que mundo eu estava quando só agora conheci um dos youtubers mais acessados do Brasil, me diz?Só tem uns quatro dias que conheci o Whindersson Nunes… Como pode?

Fica a dica, brigada, de nada.