Na sacola: um tal de Sam Edelman e Skechers

Foi namoro de meses. Aquele jeito certinho e conservador arrebatado por uma puta renda me atraiu na hora. Impossível passar por um desses sem sentir palpitações de amor.  

 

Foto- Boozt.com

Tentei resistir pois era caro e exigia uma forma física de equilibrista que há muito tempo eu havia abandonado. Além do mais, aonde iria usar uma coisa linda dessas? Na reunião de pais e mestres ou no meio da faculdade, com toda a galera de humanas fazendo miçangas?  

A razão me acalmou num conformismo que foi simplesmente jogado para os ares assim que eu li a palavra promoção. Com 40% off, nem pensei duas vezes e…


Um belo Sam Edelman banhado pela luz solar outonal.

Que fique claro:

👠Não é confortável

👠Não é sapato para ficar muito tempo em pé e muito menos pra bater perna.

👠É sapato segundas intenções: uma verdadeira arma sadomasoquista só em tê-lo nos pés, pois dóoooi pra carai!

👠Não me arrependo um segundo de tê-lo adquirido. Os apaixonados por saltos me entenderão.

👠 Dei nele 700 kr no Boozt.com

👠No momento, ele enfeita o meu quarto. Vamos ver quando terei coragem de leva-lo para passear.Nos festejos natalinos talvez?
Em um outro extremo, o tênis Skechers.Como expliquei antes, a caminhada e o passeio que fiz  em Tallinn foi perfeito, exceto que eu não tinha um calçado adequado. Apesar usar um tênis da H&M (que em regra deveria ser confortável), ele me machucou tanto que precisei parar em um outlet a fim de comprar algo que me aliviasse.Eram diversas opções, porém um tênis em especial chamou minha atenção:

Simples por fora, mas por dentro é nuvem!

Eu não conhecia a marca, nunca havia testado algo parecido antes e fiquei impressionada com a maciez do calçado.Isso ocorre porque os tênis tem uma espécie de espuma de memória, o que não só é mega confortável como também a cada pisada dada, o pé recebe um carinho de volta.

Eu estou encantada e desde que o testei pela primeira vez, não tirei o pé dele nem para ir pra balada.
É meu queridinho de todos os tempos para sempre, pode ter certeza! Me custou por volta de 400kr…( fica a dica!)
Imagens-Arquivo pessoal

Anúncios

Fim da moda plus size: até que enfim!

Vi nas notícias que uma loja bem popular aqui na Escandinávia decidiu abolir a sessão plus size. Eles observaram suas consumidoras e refletiram que não é bacana separar as monas com excesso de gostosura do resto das demais mortais.Eu nunca achei bacana essa separação de tamanhos e estilos. Qual é o problema de disponibilizar a mesma peça da linha regular em vários tamanhos? Outra coisa, e a adolescente gorda que não pode comprar o mesmo estilo que suas coleguinhas? Precisa realmente se perder em montes de tecidos?


Olha, estar acima do peso já é algo desagradável por diversos motivos.Ir numa loja em busca de uma vestimenta tem que ser uma experiência boa porque mexe muito com nossa autoestima. É um momento que buscamos nos sentir melhor, apesar dos pesares. Isso não inclui chegar lá e descobrir que não há peças da linha regular em tamanhos maiores e muito menos saber que a escolha deverá ser feita no curralzinho das plus sizes, local de pouca variedade  e de roupas sem graça.

Quer fazer um favor para as plus sizes? Não as separe nem as ignore, apenas disponibilize tamanhos maiores.

Na sacola: Calçados de Verão Escandinavo

É época promoções generosas, momento em que eu aproveito para fazer comprinhas de verão. Eu tento a todo custo evitar modinhas devido ao curto período de uso e procuro adquirir basicamente o que ainda poderei usar até a chegada do inverno e na próxima primavera/verão. Aqui alguns exemplos de calçados “eternos”:

Mocassim H&M

Comprei para testar e me apaixonei. É muito confortável, protege bem o pé da chuva e lama, muito fácil de combinar com roupas, bem relax. Acho que voltarei lá para comprar um pretinho também.

Tênis Ralph Lauren

É masculino, mas é cinza e preto, “não suja”( o mais importante) e é bem confortável.Me custou por volta de 400kr e pretendo usá-lo somente dentro da academia.

Sapatilha H&M

Ela eu comprei com o intuito de usar apenas dentro de casa, já que se fosse fora, acho que não duraria 1 dia. O material parece ser de qualidade duvidosa, porém, atende bem minhas necessidades de ter algo pra calçar quando for visitar a casa de uma amiga. Sabia não que aqui na Noruega/Suécia não podemos usar sapatos dentro de casa? Pois é, pra não andar toda chiquetoza de pés no chão com os dedões à mostra na residência alheia, catei essa bonitona pra mim. Tenho que comprar um preto também.

Galochas Vagabond

Pensa na pessoa cansada de andar com os pés molhados na chuva. Eu tenho uma galocha de cano longo, só que ela não é prática para dirigir. 


Essa me parece perfeita quando se tem pressa, entre uma atividade e outra, nada melhor que colocar rapidinho os pés dentro e literalmente correr para o próximo compromisso. Super simples, sem muitos detalhes, pra bater mesmo.
                              👣
Há quem curta rasteiras e saltos altíssimos. Eu não tenho mais pés pra isso. Sapatilha ou tênis é o que me traz o conforto e que dá conta do recado sem me machucar, na hora em que preciso correr atrás das crianças( ou do ônibus, hahaha).

Imagens-Arquivo pessoal

Amor pelos Dachshund

E muito amor pelos amigos que sabem dessa paixão e apoiam de coração. Eu mandei essas fotos para uma amiga comentando da minha vontade de fazer uma tatuagem…

Aí a fofa me liga dizendo que tinha achado algo para mim e que precisava saber o meu tamanho para camisetinhas. Quando me encontra, olha o que ela trazia junto:

Eu fiquei tipo “ahhhhhhhh”, descontrolada de alegria!!!
❤️Pripri❤️, você não conhece o meu blog, mas se um dia vier parar aqui, quero que você saiba o tamanho da minha surpresa e gratidão por tal gesto. Eu fiquei bastante tocada pelo teu carinho, viu???Muitooo obrigada, querida!!!


Acho que agora esta tatuagem sai!
Imagens das tatuagens-Reprodução

Apelo

Ei, eu queria fazer um apelo pra loja H&M, se puder, por favor, troca ai a equipe de criação das roupas de femininas pela equipe infantil, vá lá!!! Ó, tá lusho demais

Queria tudo do meu tamanho!😢

Tão ruim querer tudo isso e não poder usar, snif!Pra você num dizer que é mentira minha, repara nas marmotezas em forma de roupa pra mulher, repara!

Tem pijama do Falcão


Tem camisola de vó



Tem uma coisa que eu não sei se é vestido ou blusa de alcinha com camiseta branca por dentro
.


Tem fantasia dos anos 80


Vestido com calça jeans por baixo, entendi nada.


Camisa de força

Gosto não!

Pra onde danado a pessoa vai vestida desse jeito? Naaammm, me recuso! Quero ser pequena outra vez!!!!

Imagem- Reprodução

Mamografia na Noruega( e uma coincidência)

Ontem fui a capital fazer uma mamografia preventiva. Sei que tenho (apenas?) 34 anos e que só a partir dos 40 este controle anual é incentivado, mas eu procuro me cuidar um pouco mais porque minha mãe teve um CA nos seios coisa de uns 14 anos atrás. Ela retirou as duas mamas, fez o tratamento direitinho e hoje está muito bem, obrigada, toda serelepe curtindo sua aposentadoria. Já a mãe de uma amiga não teve tanta sorte em descobrir com antecedência e faleceu recentemente. Eu tenho muito medo de, por um descuido, encurtar a minha estada aqui na terra e faço sempre que é possível um check-up pra confirmar que tudo anda certo.

Um exame como o meu na clínica privada norueguesa custa 1900kr, quase 1000 reais. Os seios são prensados, radiografados e em seguida faz-se um ultrassom pra confirmar mesmo.

Imagem: Reprodução

Doer , não dói, há apenas um breve incômodo, tão breve que quando a coisa começa a chatear, já acabou.

Na sala de ultrassom, deitada na cama, aguardava o médico  apreensiva. Rezava para que tudo estivesse certinho com minhas mamas e que o peso finalmente saísse  das minhas costas.Na hora do exame, me chega a médica e PASME, era uma brasileira! Qual é a probabilidade disso acontecer??!! Tipo, entre tantas clínicas em Oslo, eu vou parar em uma onde entre tantos médicos, é justamente uma compatriota que me atende! A tensão se dissipou e o nosso papo foi tão bom que nem senti quando o exame acabou. E como me deu saudade dos médicos brasileiros, da proximidade com o paciente, da atenção.Sei que tem muito fdp vestido com jaleco branco, só que tem também profissionais extremamente humanos e foram estes que eu tive a oportunidade de encontrar enquanto morei em Natal. Os médicos que encontrei aqui, apesar de cordiais e gentis, eu sinto uma impessoalidade enooorme! É incrível!
Ahh, tudo correu bem e ela avisou que eu não deveria aparecer lá antes dos 40, a não ser que suspeite de algo de diferente nas mamas.Errr, ok! Noiada que sou, voltarei só pro ultrassom então, rs.

Depois, fui passear no shopping como uma forma de comemorar a boa notícia. No fogo das promoções de junho, comprei duas blusinhas de paetês por 15 reais cada, uma calça branca por 60 e um vestido coral pra usar no Midsommar semana que vem e um macacão jeans super confortável.


A primeira imagem é da Kapphal e a segunda, H&M.

Também catei dois esmaltes da Essie para testar.

É esmalte em gel, com longa duração e assim eu espero que seja.Pelo preço deles, serão os únicos do meu verão, porrã de coisa cara, mermão!!Cerca de 30 reais cada ( esmalte e top coat).

E por fim, estas botinas poderosas!!


E por incrível que pareça, elas não são tão desconfortáveis! Amei!
Na volta pra casa, dei de cara com o centro da cidade armado. Os principais pontos bloqueado pela polícia, um caos de carros, curiosos, tanta tensão que super me senti em um filme daqueles bem aventureiros. Mas era só o John Kerry que estava nos visitando, só isso! Fiquei pensando, é necessário esse carnaval todo? Sem falar que tanta proteção acaba chamamdo muita atenção, efeito contrário total( …se ainda fosse a Mariah Carey…).Ai nessas horas me vem as reflexões, será que esse senhor tão importante sente saudades da liberdade de ser um anônimo/gente do povo? De andar nas ruas sem a paranóia de sentir-se seguido, sem a ameaça real de que algum maluco pode tirar a sua vida? Tenso abdicar disso tudo que eu tenho, mas ele certamente deve estar acostumado a ter que mover montanhas para se lovomover.

Pra fechar o dia de notícias maravilhosas, recebi minha nota da prova e eu… PASSEI!  Ufaaaa!!! Não foi assim a melhooor nota da classe, mas meu bem, não sendo reprovada eu tô no lucro!!

Feliz!!!!

Biquini Escandinavo

Acho que não é mais novidade o quanto o biquini estrangeiro é contido. Cobre toda a retaguarda e como se isso não bastasse, aqui é modinha usar um shortinho ou saia, de modo que as partes ficam completamente cobertas. 


Fotos da ellos.no

No entanto, se a parte debaixo é muito bem escondida, a parte de cima some. Algumas nativas gostam de colocar os peitos pra jogo e não é raro dar de cara com topless nas praias daqui. Agora apareça com um biquininho brasileiro pra ver o que acontece….


Foto mercado livre

Já ouvi histórias de gente sendo retirada de clubes ou spa por conta da indiscrição da bunda brasileira, hehehe!Abafa!

Eu comprei este na Kappahl

Eu vou te contar, já estranhei muito essa modinha. Só que, depois quase 10 bons anos morando aqui, os olhos se acostumam e hoje eu acho muito confortável o sunquinão.Até porque, tendo crianças pequenas e existindo a possibilidade de ter que carrega-las esperneando em momentos de crise, é bom saber que as vergonhas estarão mui bem guardadas. E se a depilação não estiver em dia também 🙂

Coisinha medonha

A Hennes e Mauritz acabou de lançar a sua linha de roupas caras e o pior é que tem gente que compra.  Nemhuma das peças me agradou, saem muito da minha área de conforto.

   
   

Tipo, só vestido de casamento do agreste e roupas de baile? A única peça que ainda pensaria em comprar era esta aqui e seeee fosse completamente bordada.

  
Agora, que porra é isso?

   
   
Não tinha como fazer mais medonho? Custa 1000kr pra quem se interessar, beyjos.
Imagens-Reprodução

Para turista ver: Calçados de inverno

*O post é direcionado a todos que se interessam pela escandinávia, turistas e curiosos.

Só pra ilustrar a pluralidade de calçados usados por mim no inverno escandinavo.
 

Arquivo pessoal
 
Cada um tem sua função, dependendo do tipo de tempo, intensidade do frio e quantidade de neve.

❄️A galocha vermelha, por exemplo. 
  
Esta lindinha eu ganhei de dia das mães (tem já 6 anos!) e desde então supriu todas as necessidades porque ela é clássica, arrumada e alegre, além de prestar uma homenagem pro Ted Mosby hohoho ( se vc já assistiu HIMYM vai entender).Uso-a em todas as estações que incluam chuva no cardápio, inclusive no início ou fim do inverno. Em épocas como esta, adiciono um meião de fleece que é comprado separadamente. A minha é uma simples em azul escuro. No entanto, há vários modelosno mercado:

  

Para não escorregar no gelo, apelo para o brodder, um acessório anti derrapante que colocamos embaixo do calçado. É geralmente usado por idosos e portanto totalmente broxante ( tal qual uma pochete, haha), mas como eu ainda não tirei a carteira de habilitação pra caminhar no gelo, uso de boas porque não sou obrigada a levar tombo.

❄️O segundo calçado da foto é uma imitação vagabundérrima das botas Ugg. 
  
Eu paguei muito barato e ele não tem qualquer qualidade, pois não esquenta, não protege contra água ou vento. Já voltei pra casa inúmeras vezes com os pés encharcados e congelados por conta da neve derretida ter ultrapassado inclusive o solado!!!! E por que ainda mantenho essa porqueira na minha vida? Simples! Ela é perfeeeeita para dirigir! Não tira a sensibilidade do meu pé, eu não me sinto perdida ou insegura, enfim, uso dentro do carro e se for preciso, mudo de calçado ao chegar ao meu destino.
❄️O terceiro par eu comprei em uma promoção bacana na Lille vinkel Sko e elas me serviram demais antes de comprar o par charmoso da Ugg. Imita a bota Sorel:

  

Topa qualquer parada mesmo, esquenta quando é preciso e protege bem da neve, água e vento, só não possui tanta beleza. Hoje uso quando preciso sair com o cachorro e só.

❄️O quarto par eu já escrevi sobre ele neste post aqui e por isso não irei me repetir.Digo apenas que merece o Oscar de melhor calçado de inverno evahhhh!!!!
❄️O último par são botas de astronauta feitas para suportar até -40. 

  
É da Baffin e Eu não as uso com tanta frequência, só em casos de viagem para lugares mais frios ou se a quantidade de neve ultrapassa a canela.

 Claro que todos eles podem ser substituído pela por uma só bota boa tipo da Ugg que postei aqui( é charmosa, esquenta, protege da água e do vento).No meu caso, por motivos de que sou pobre e não quero gastar minhas botas novas, uso as outras no dia a dia e deixo a minha Ugg para momentos mais especiais, tipo, ir pro centro/faculdade( porque sei que lá já não tem tanta neve/lama, sacou?)

Deixei de fora dois calçados que são bem utilizados pelos nativos: tênis de inverno e sapatos para caminhadas em terreno montanhoso.

 

estudantes adorarão! Da baresko.no
 
 

Da xxl.no

Não tenho nem um nem o outro porque não me faz falta ( e porque eu não caminho em floresta/montanhas), mas pra que curte, fica a dica.
Imagens- Reprodução

Desejos do dia

Olha, faz muito tempo que abandonei os saltos e parece que isso é comum com a brasileirada que se muda para cá. Eu não sei explicar ao certo o que acontece, o fato é que a dinâmica daqui pede que se ande de pés bem fincados no chão. Claro que, no meu caso, a maternidade ajudou um pouquinho a simplificar as coisas, a hérnia de disco me ameaça constantemente, o gelo e o frio contribuem para que os evite e não ter mesmo onde usar os saltos também somam com os motivos pelo qual eu os tenham colocado em último lugar na minha lista de prioridades. Porém, eu ainda sou apaixonada por eles e babo nas vitrines das lojas e sites na internet.

Últimamente tenho sonhado em comprar um par de nudes( e não pense besteira) pra mim. É que no meio do ano comemorarei junto de my love os 10 anos de casados e eu quero estar bem gata nesse dia. O vestido já está comprado(posto depois) e o nude vem pra deixar tudo muito clássico e pra durar uma vida inteira(assim espero).

O par que eu estava namorando era esse aqui:

   
   
Michael Kors lindo-lindo-lindo!Seu único defeito: não tem meu número de drag 41 😦

 Daí, vi estes no site da Zalando e caí de amores, tanto pelo par como pelo preço, 399kr por eles.

   
    
 
 O vasadinho é simplesmente incrível e apaixonante, só que pede uma formalidade e eu queria um nudão que vai com tudo. No site da Nelly eu vi estes aqui:

   
 
Defeito: altos demais! Eu vejo queda, me vejo virando a perna,me vejo com a cara no chão. E em pensar que um dia eu já subi e desci ladeira com saltos tão altos quanto estes…

Além deles, vi estes outros e, gosh, porque cargas d’ água eu não nasci centopéia?Da Zalando e Nelly.

  

  

  

     
    
Todos eles são lindos e caros, fora da minha realidade, mas dentro do meu coração porque sonhar não é proibido.

Imagens-Reprodução