Diário de Bordo: Clube da Luluzinha na Hungria, Budapeste-Parte 1

Primeiro de tudo, qual é a chance de fazer uma viagem para Budapeste e depois saber que por lá também estava passeando uma blogueira querida? Eu fiquei em shock quando ela contou por onde andou ( só falta os relatos do lugar, post que já espero ansiosamente).

Pois bem, todo ano eu me dou ao luxo de fazer uma pequena viagem com as amigas. Nada muito doloroso para a família, já que saio na quinta e volto no domingo. Apenas o suficiente para conhecer um novo lugar, passear, conversar com as amigas sem ser interrompida pelas crianças, enfim, relaxar.

Assim que chegamos em Budapeste, seguimos para o nosso hotel. Ele se chama Aria e era muito confortável e belo.

Detalhe do quarto

De fora você não dá muito por ele, porém, por dentro é perfeição. Além de todo o UAU, ele tem um terraço maravilhoso que sempre lota de visitantes.

Super dando close

A fabulosa vista do terraço: a Basílica de Santo Estevão⤵️


O atendimento foi nota 1000!Os funcionários sempre nos perguntando se está tudo bem, se precisamos de ajuda ou oferecendo um vinho, dicas para as melhores atrações, um cuidado genuíno.Não posso esquecer de mencionar a piscina, ofurô, sauna e a sala de ginástica( esta eu não fui pois já caminhava bastante durante o dia).


O que não seguiu o alto padrão foi o café da manhã. Eu não sei se é porque sou acostumada com acomodações simples, porém, com aquele café da manhã farto que enche até a hora da janta, mas eu acho que ali faltou variedade. Tudo muito fino, pouquinho e contido.

Área do café da manhã. Neste mesmo espaço é servido vinho e queijos com música ao vivo no fim da tarde.



Em seguida, fomos fazer um free walking tour e este não me encheu tanto os olhos…


Foram longas caminhadas com poucas informações interessantes.E é claro que o calor atrapalhou. Eu, brasileira, nordestina, fiquei passando mal com aqueles 38º. Dava fraqueza, tristeza e a vontade de explorar era nula dentro daquela sauna, rsrs!

O calor estava tão insuportável que vi muita gente se banhar nas fontes. Quem não tinha essa coragem, se aliviava debaixo dos vaporizadores espalhados pela cidade, como este abaixo…< strong><<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<
No outro dia, optamos pelo passeio no Red bus (Hop on-Hop off). Ao menos não precisaríamos caminhar, né? Teria também o suposto ventinho no ônibus, hummmm, que maravilha!

Nos próximos capítulos eu conto mais, combinado?

Imagens-Arquivo pessoal

Anúncios

18 pensamentos sobre “Diário de Bordo: Clube da Luluzinha na Hungria, Budapeste-Parte 1

  1. Kkkkkk só tu mesmo! Se a gente combinasse não dava certo. Kkk
    Vc aproveitou, hein!
    Acho q andou mais do q eu. Não lembro de ter passado por nenhuma fonte.
    E que calor desgramado! Eu nunca bebi tanta água na minha vida.
    Olha, rendi-me ao facebook. Vc saiu mesmo?
    Bjs

    Gostar

    1. Candy Girl

      O mais louco seria se por acaso vc se achasse em minhas fotos e eu nas suas, por acaso rsrsrsrs!!! Eu andei um bocado, mas não posso dizer que aproveitei por conta do calor. Já tava no grupo mesmo, acabei seguindo, mas a vontade era de deitar na grama e esperar a noite cair pra ver se melhorava a coisa!
      Eu não tenho face, mas abri recentemente um instagram. Vc tem?

      Liked by 1 person

      1. Não tenho. Meu filho mais novo tem. É o nome do blog?

        Hummm…vou já ver minhas fotos.kkkk Eu caíria p trás. Eu costumo ter cuidado p não aparecerem pessoas, mas sempre pensei em algo semelhante. Um programa q pudesse nos descobrir em fotos publicadas por turistas.

        Liked by 1 person

      1. É só falta a coragem.kkkkk Tenho pavor de avião e fico sempre surda de um ouvido.
        Qdo vcs tiverem organizado, definido, diz-me. Quem sabe. Kkkk Para o ano farei 50 com cabeça de 25, às vezes até menos. Kkkk
        Olha, qdo a gente foi p Budapeste, saindo pelo aeroporto Charleroi. Aconteceu de novo. Só q com o meu filho de 14, a coisa do papelzinho. O homem..madame bla bla bla…eu só entendi o madame, repetiram…e eu com cara de jegue perdido..meu menino disse..mãe, querem me passar o papel como fizeram contigo nawuela vez. E eu..ahhhbb..pode, pode! Foi a minha vez de rir.

        Gostar

  2. Pingback: Diário de Bordo:Clube da Luzinha na Hungria, Budapeste- Parte 2 – Ice Paradise

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s