Na Biblioteca: Clube da Luta, de Chuck Palahniuk


Pensa-num-livro-maravilhoso!! E, ao contrário do que eu imaginei de início, a história no fundo tem a ver com tudo, menos com luta. Tem a ver com fulga. Tem a ver com que nem tudo que parece, é. Você confia nos seus sentidos?Medo!
O livro conta a história de homem entediado com sua rotina e vida sem grandes desafios. Criou com seu amigo um clube da luta para sair de si.


 Se pela manhã ele era um simples funcionário de escritório, à noite ele extravasava no clube. Mais não conto porque estragaria a BIG surpresa. Você só precisa ter em mente uma coisa: nada do que parece, é. 
Alguns trechos que achei interessante:

“Não sou o único escravo do instinto doméstico. Conheço pessoas que já se sentaram na privada com uma revista de sacanagem e hoje se sentam com um catálogo da IKEA.”


Depois de ler este livro, você nunca mais comerá em um restaurante sem sentir certo desconforto:


”Voltando ao hotel, estamos no elevador parado entre dois andares, conto a Tyler que escarrei em cima da galantina de truta da convenção dos dermatologistas; três pessoas me disseram que estava muito salgada e uma achou deliciosa.”


“Na semana passada foi mais grave. Na semana passada foi o couro do estofamento tratado com uma substância reconhecidamente teratogênica, o Nirret sintético ou qualquer coisa igualmente ilegal que ainda é usada em curtumes do terceiro mundo. É tão forte que é capaz de provocar defeitos congênitos no feto da mulher grávida que entrar em contato com ele. Na semana passada, ninguém ligou para o Departamento de Entregas. Ninguém iniciou um recall.
O couro novo multiplicado pelo custo de mão-de-obra multiplicado pelos custos administrativos é maior que o nosso lucro no primeiro trimestre. Mesmo que alguém descubra o nosso erro, podemos indenizar muitas famílias enlutadas e não chegar nem perto do que custaria para reformar os 650 estofamentos de couro.”


Quando Tyler inventou o Projeto de Ações Violentas, ele disse que o objetivo do projeto nada tinha que ver com outras pessoas. Tyler não se importava se alguém saísse ferido ou não. O objetivo era que cada homem do projeto aprendesse que tinha o poder de controlar a história. Nós, cada um de nós, podíamos assumir o controle do mundo.
Foi no clube da luta que Tyler inventou o Projeto de Ações Violentas. “

Viva o clube da luta!Mais um livro favoritaço!!!!Assisti o filme e também recomendo fortemente!

E a trilha sonora LINDA:

Imagens- Reprodução

Anúncios

13 pensamentos sobre “Na Biblioteca: Clube da Luta, de Chuck Palahniuk

    1. Candy Girl

      Minha nossa, que resenha maravilhosa!! Ele é tudo aquilo e muito mais, eu fiquei dias refletindo o final. Não posso falar muito sobre ele, apenas dizer que vale MUITO a pena. Virou um dos livros da minha vida (1º lugar é 1984, 2º lugar é Admirável mundo novo, 3º Clube da Luta!

      Liked by 1 person

      1. Então… que difícil. rsrsrsrsrs.
        Mas tentando colocar uma ordem, talvez um top 3 para mim seria de livros que eu não só gostei muito, mas uma leitura que me acompanhará para sempre. Livros que vou ler novamente com certeza:
        Hamlet; A Divina Comédia e 1984.
        Mas isso é hoje, e esse top 3 pode mudar com o próximo livro. rsrsrsrs
        Abraço.

        Gostar

      1. Candy Girl

        Vc viu o filme? Eu achava que era um livro muito chato até uma pessoa ter recomendado como se fosse o livro da vida! Juro que foi uma quebra de expectativa imensa! Já estou curiosa pra saber de sua opinião/resenha 😄😉

        Liked by 1 person

  1. Pingback: Clube da Luta,o livro | O Miau do Leão

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s