Crença e declaração de amor ao mundo

Abri as cortinas do meu quarto. Deixei o sol entrar. Vi através da janela o vento balançando as folhas das árvores. Senti o calor do sol em minhas pernas. Acomodei-me preguiçosamente em minha cama. Muito conforto e tantos agradecimentos. A quem? A quem está no comando. A quem me permite viver tantos prazeres e tanta tranquilidade. Uma paz de espírito que se funde com uma preguiça. E eu penso em nossas crenças, nos que nos foi ensinado a acreditar, na obrigação de se ter uma posição religiosa, como se isso fosse definir quem eu sou.Se sou católica, faço parte do grupo. Se sou evangélica ou pertenço a outro credo, bom, pelo menos eu tenho uma religião. E se minha religião for uma enorme interrogação? E se eu tiver humildade suficiente pra reconhecer que “só sei que nada sei”?

Incertezas. Mesmo assim, aplaudo de pé o chefe da maquinaria, seja ele quem for. Apesar dos pesares, o mundo é um lugar incrível.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Crença e declaração de amor ao mundo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s