Cerimônia de abertura na Universidade de Oslo

Ontem fez 1 ano que comecei meus estudos na Universidade de Oslo

Cerimônia de Abertura do ano letivo na Universidade de Oslo.(Imagem-Reprodução)
Ainda recordo bem a surpresa que foi o momento em que recebi um sms do reitor, dando as boas vindas a todos os calouros. Eu estava terminando mais um dia exaustivo de labuta, o último dia antes das minhas férias que se tornou o meu último dia no trabalho. Muitas foram as incertezas: “Será que eu daria conta? Faculdade depois dos 30? Faculdade em norueguês? Faculdade tendo duas filhas pequenas para cuidar?Trocar um emprego estável e a independência financeira por um curso universitário que não me dava a certeza de um emprego após finalizar o curso?”Ainda é muito cedo para saber tais respostas. 


Primeira palestra de introdução ao curso



Eu sinto muitas saudades do meu emprego, não nego. Vejo colegas e aquele ambiente fantástico que é o aeroporto com muito carinho e nostalgia. Porém, a possibilidade de crescer mais um pouco foi proposta irrecusável, mesmo que tenha sido um passo arriscado. É dar um passo para trás pensando em dar 10 para frente( assim espero 🙏)


Os trotes: Após a cerimônia e a palestra de introdução, os veteranos tomam conta dos novos estudantes durante uma semana. Cada dia tem atividades diferentes que dura o dia inteiro e leva muita cachaça no processo. 



Como tudo começou:



Eu cheguei na Noruega em 2006, mas só iniciei no curso de norueguês no meio de 2007.Finalizei em 2008, sendo aprovada na Norsk Prøve 3 e logo em seguida comecei a trabalhar. Sabia que precisava ir mais além para me destacar entre os nativos na busca por um emprego. Foi por isso que mesmo trabalhando, nunca parei de estudar. Fiz cursos particulares e encarei o ensino médio de inglês e norueguês, porque só assim conseguiria entrar em uma universidade( existe uma maneira mais rápida, porém bem mais difícil e cara de se conseguir tal documentação: Toefl e Bergenstest. É para os fortes!). Eles também me ajudaram a conseguir meu último trabalho, fiz questão de atestar meu conhecimento da língua no dia da entrevista e meu desempenho na escola pareceu decisivo para conseguir a vaga.


A um passo da Universidade




Na Noruega não existe vestibular, são as notas do ensino médio que dizem qual curso o candidato é apto a fazer, bem como qual faculdade ele será aceito. Ou seja, caso eu deseje fazer medicina, mas não tenho a pontuação mínima sufuciente, precisarei voltar ao ensino médio e fazer mais um ano daquela matéria para só então, se tiver boas notas na prova anual, conseguir uma vaga.

Além disso, conta pontos também o fato de ter experiência de trabalho, idade avançada, ser estrangeira e outros fatores( que agora não me recordo, sorry, haha).

Eu apenas necessitei atestar conhecimento em norueguês e inglês porque tenho formação universitária no Brasil. Os que tem apenas o segundo grau, precisa fazer outra vez o ensino médio em Norueguês para assim obter a pontuação necessária. 

O caminho das pedras



É estrangeiro com permanência/cidadania norueguesa e pensa em encarar a vida acadêmica? Dá uma olhadinha aqui:

1.Primeiro é preciso ter um plano profissional. Ter um objetivo claro e trabalhar em cima dele. 

2.Se informar sobre os requisitos em local idôneo.Facebook embora ajude muito, não é o local mais confiável. Vá na instituição que lá eles podem passar as informações corretas.

3. Traduza a papelada da escola. Ensino fundamental, médio e superior. Traduza tudo.

4. Envie para validar. O órgão responsável é o NOKUT .

5. No caso de estrangeiros sem qualquer vínculo com a Noruega, a maneira de conseguir uma vaga no ensino superior está  aqui.
6.Cuide da língua. O inglês e o norueguês em dia, comprovados por provas como o Toefl e Bergenstest. 
Lembre que:

•Tem segundo grau➡️Fazer o segundo grau em Norueguês.
•Tem graduação completa➡️Fazer prova de proficiência em inglês e Norueguês ou ensino médio em Inglês e norueguês.
•Estudante internacional sem vínculo com a Noruega➡️ Prova de proficiência em inglês.

•É possível conseguir uma ajuda pecuniária mensal. Esta ajuda não precisa ser devolvida, desde que o estudante seja aprovado em todas as matérias. Caso isso não seja possível, a quantia vira um empréstimo a ser devolvido somente quando o estudante conseguir um emprego.

 Brigada, de nada.
Imagens- Reprodução e arquivo pessoal

Anúncios

4 pensamentos sobre “Cerimônia de abertura na Universidade de Oslo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s