Diário de Bordo: Desbravando a Letônia- Parte 2

Eu vou pular a parte histórica porque não sou obrigada e porque o Wikipédia está ai pra isso mesmo. Digo logo que pelo pouco que eu vi da cidade, estou encantada. Um lugar limpo, de gente muito bonita, mulheres finas, magras e loiras que fazem supermercado de salto alto,homens elegantes, muito verde, florestas, lagos e muitos velhinhos de bicicleta. Tá certo que a simpatia não é lá a melhor qualidade dos nativos, especialmente os mais velhos tem uma tromba daquelas.Faz até mais frio que em Oslo, afff! Sol é só de enfeite por aqui, portanto, caso deseje visitar estas paragens, tem que ter casaco na jogada.Outra coisa que me deixou impressionada foi o trânsito. Filas e mais filas pra entrar e sair da cidade, como pode? Era uma soneca que eu tirava cada vez que voltávamos pro hotel, não tinha jeito.

Nossa primeira expedição exploradora foi em um museu a céu aberto aqui perto do hotel. 


Lá pudemos conhecer um pouco da história Letã com suas casas antigas, igrejas, área de trabalho, máquinas e até os próprios cuidadores/ funcionários vestidos-se à moda antiga. 


Eu adoro esse tipo de programa que envolve caminhadas, um pouco de história e muita natureza. As minhas meninas puderam correr livremente, provar das frutas da estação, brincar com árvores, folhas, flores e insetos…


E por lá passamos o dia, sem pressa de ir para casa, sem estresse ou maiores cuidados, só curtindo a paisagem.


Apesar de ter um restaurante no local, decidimos por almoçar no Zalais Maksis.É um restaurante muito bem decorado com funcionários gentis e comidas deliciosas. 



Atento para a rapidez em que os pratos chegaram e os cafés que recebemos de cortesia! 
De lá, fomos aproveitar o resto do dia ensolarado na praia.


 Só que a maré não estava pra peixe, quer dizer, pra gente! Uma ventania, um frio, ondas nervosas me expulsaram dali rapidinho, não durei 10 minutos por lá. 

Repara na brabeza do mar:


No entanto, filha de viking, viking é:

A filha mais velha firme e forte na água! Sogrão e meu boy também encararam.Programa foi furadíssimo, nunca imaginei que ali fosse o paraíso do Kitesurf!

Num volto mais…

E foi assim que finalizamos o primeiro dia.
Imagens- Arquivo pessoal

Anúncios

2 pensamentos sobre “Diário de Bordo: Desbravando a Letônia- Parte 2

  1. Pingback: Diário de Bordo: Desbravando a Letônia-Passeio pelo canal e alguns Restaurantes, Parte 6 – Ice Paradise

  2. Pingback: Diário de Bordo: Weekend em Tallinn, Estônia- Parte 1 – Ice Paradise

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s