Pais e filhos

Eu ouço os primeiros pássaros anunciar o raiar de um novo dia. Percebo que é quase três da madrugada e ainda não consegui pegar no sono, apesar do cansaço físico e mental. Sinto as unhas roídas e a ansiedade é minha companheira da madrugada. Foi que eu inventei de ligar para minha mãe, estava com saudades. Ela me contou sobre sua viagem e o quanto meu pai estava doente.Que sentia dores no peito, empalidecia, mas se recusava a procurar um hospital, com medo de ser internado. É como se ele tivesse desistido da batalha e se dedicasse apenas aos prazeres mundanos. É como se ela estivesse me preparando para o pior. Não sei qual foi a intenção de minha mãe ao me revelar isto de forma tão crua e desprovida de qualquer eufemismo, mas dizer que o fim dele estava próximo e será sozinho em um apartamento me deu uma angústia e muita tristeza . Meu marido tentou me consolar dizendo que não é a primeira vez que essa previsão nós é apresentada.Só que com o passar o tempo infelizmente isso pode vir a se realizar, já que ele não se cuida. E ai que me vem na mente a nossa falta de afinidade, contato e conexão. Por uma oportunidade inteira ter sido desperdiçada, porque apesar de ser sua filha, eu nunca me senti como uma. Eu sinto muito por ele ter pensamentos tão negativos em relação aos filhos. Sei que sua vida não foi fácil e que muito das idéias que ele tem hoje é fruto de uma infância negligente. Mas passar essa bola pra frente não atrairá um sentimento diferente. Afinal, não colhemos o que plantamos?

Enfim, adormeci às 4h30, estava de pé às 6h30 e dormitei até as 9h30. Tomei café preto junto com a filha mais velha e juntas fomos fazer um programa de meninas na capital. Pensar no meu pai e na falta de momentos como este me deu até mais força, eu precisava ter isso com minha menina. Não quero que ” Cat’s in the Cradle” faça sentido para ela o tanto que faz para mim.

Anúncios

3 pensamentos sobre “Pais e filhos

  1. Eu reflito muito sobre.
    Há uma tendência a ser com os filhos como fomos criados.
    Estar longe é muito difícil nestes momentos. Vc qdo se sente assim passa pela cabeça q não devia ter deixado o Brasil?
    Na minha passa sempre o efeito borboleta, mas de nada resolveria.

    Liked by 1 person

    1. Candy Girl

      Olha, sendo muito sincera, nunca passa isso por minha cabeça, muito pelo contrário. Eu vejo o quanto eu cresci aqui e acredito piamente que foi justamente a distância e falta da influência de meus pais que me fez mais livre nos pensamentos. Me sinto menos travada, sem aquela proteção excessiva que impede o desenvolvimento. Além do mais, o fato de morar lá não mudaria nada em nossa relação, digo isso pq vejo como é com meus irmãos e pelo menos estar longe evita que eu me decepcione mais. Eu só sinto muito porque tudo poderia ter sido diferente, se ele tivesse feito por onde e se interessasse realmente pelos filhos.

      Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s