Os homens da minha vida

Quando voltei antes de ontem para casa, encontrei uma Oslo molhada, quase sem neve. O cansaço estava em seu mais alto nível, de modo que as atividades mais simplórias eram feitas com se fossem extenuantes.Mesmo assim, me arrastei para mais um dia de aula com um mantra:

Odeio horário de verão!Odeio horário de verão!Odeio horário de verão!Odeio horário de verão!Odeio horário de verão!Odeio horário de verão!Odeio horário de verão!Odeio horário de verão!Odeio horário de verão!Odeio horário de verão!Odeio horário de verão!Odeio horário de verão!
Pqp!A pessoa já não gosta de dormir, vai pra cama tarde, acorda cedo e ainda por cima terá que dormir cedo, afff, saco!  Pior que eu precisava estudar, lavar roupa, desfazer malas e organizar o aniversário da filhota que já é próxima semana. Sabe o que fiz?

Finalizei a quarta temporada de Suits mais apaixonadado que nunca. Quem acompanha a série, sabe bem o que acontece no penúltimo episódio. Coisa mais fofa ver gente fodona “caindo das pernas” por amor. Aii aiii…e ai que me vejo apaixonada por personagem outra vez. Para se ter uma idéia do quão “in love” eu fico, chego a me forçar sonhar com o dito cujo pra ver se rola uma temporada a mais, sendo eu o par romântico, haha! E se você achava que essa era a revelação mais embaraçosa sobre mim, espere até ver minha lista de paixões platônicas de novelas, filmes e séries…

   
1. Netinho da Banda Beijo-Hahaha, se é pra me detonar, vamos lá. Eu achava que a música “Menina” era pra mim. No auge dos meus 11 aninhos eu frequentava a pipoca dos carnavais fora de época na minha cidade e me perguntava quando ele iria me descobrir ali, no meio da multidão. Eu escutava os seus shows transmitido ao vivo pela rádio, isso de madrugada, deitadinha no chão da sala.E nunca havia desconfiado que a coca era fanta.
  
2. Nico Puig- o ano era 1994 e eu acabara de entrar na adolescência. Assistia a novela Olho no olho e foi quando eu troquei de vez a Xuxa por este lindo ai. Me lembro que comprava fotos dele nas bancas de revistas e levava para todos os lados, tadinha.Quem nunca?

  
3. Robert Downey Jr em Only You- Eu não só me apaixonei por ele no filme como também acabei ficando com um sósia só porque era realmente muito parecido e eu nunca que perderia a chance de trazer o platônico pro real, hohoho!
  
4. Michael C. Hall, o Dexter- Essa é paixão de agora. Gosto muitooo do Dexter, do quão inteligente e esperto ele é. Eu amo homens inteligentes!
  
5. Ryan Hurst, o Opie de Sons of Anarchy- Não é que ele seja bonito, mas é homão demais, babo horrores nesse carão de selvagem!
  
6. Chris Noth, o Big de Sex and the city. Preciso explicar o porquê? Really?
  
7. John Corbett, o Aidan de Sex and the city- Eu fico enlouquecida da perequita pelos bad guys, mas acabo com os bons meninos. O Aidan, além de ser homão que sabe preencher uma calça jeans, é bom moço de coração bão.
  
8. O estilista Marc Jacob – Acho-o muito sexy e queria ser um homão só pra pegar ele.

  
9. Alexander Skarsgård, o Eric de True Blood- É sueco, é delicioso, é sínico, ácido, engraçado, ai, ai, como eu queria esbarrar com ele…
  
10. Por último, mas não menos importante, Pablo Schreiber, o Mendez de Orange is the new black. Antes que você me chame de louca, veja a realidade das coisas:

  
   
    
 
Affff, ovulei horrores agora!Deu até vontade de… Deixa pra lá que isso aqui é blog de família!
Imagens-Reprodução

Anúncios

5 pensamentos sobre “Os homens da minha vida

  1. Pingback: Um mês em um post – Ice Paradise: dois

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s