Os homens da minha vida

Quando voltei antes de ontem para casa, encontrei uma Oslo molhada, quase sem neve. O cansaço estava em seu mais alto nível, de modo que as atividades mais simplórias eram feitas com se fossem extenuantes.Mesmo assim, me arrastei para mais um dia de aula com um mantra:

Odeio horário de verão!Odeio horário de verão!Odeio horário de verão!Odeio horário de verão!Odeio horário de verão!Odeio horário de verão!Odeio horário de verão!Odeio horário de verão!Odeio horário de verão!Odeio horário de verão!Odeio horário de verão!Odeio horário de verão!
Pqp!A pessoa já não gosta de dormir, vai pra cama tarde, acorda cedo e ainda por cima terá que dormir cedo, afff, saco!  Pior que eu precisava estudar, lavar roupa, desfazer malas e organizar o aniversário da filhota que já é próxima semana. Sabe o que fiz?

Finalizei a quarta temporada de Suits mais apaixonadado que nunca. Quem acompanha a série, sabe bem o que acontece no penúltimo episódio. Coisa mais fofa ver gente fodona “caindo das pernas” por amor. Aii aiii…e ai que me vejo apaixonada por personagem outra vez. Para se ter uma idéia do quão “in love” eu fico, chego a me forçar sonhar com o dito cujo pra ver se rola uma temporada a mais, sendo eu o par romântico, haha! E se você achava que essa era a revelação mais embaraçosa sobre mim, espere até ver minha lista de paixões platônicas de novelas, filmes e séries…

   
1. Netinho da Banda Beijo-Hahaha, se é pra me detonar, vamos lá. Eu achava que a música “Menina” era pra mim. No auge dos meus 11 aninhos eu frequentava a pipoca dos carnavais fora de época na minha cidade e me perguntava quando ele iria me descobrir ali, no meio da multidão. Eu escutava os seus shows transmitido ao vivo pela rádio, isso de madrugada, deitadinha no chão da sala.E nunca havia desconfiado que a coca era fanta.
  
2. Nico Puig- o ano era 1994 e eu acabara de entrar na adolescência. Assistia a novela Olho no olho e foi quando eu troquei de vez a Xuxa por este lindo ai. Me lembro que comprava fotos dele nas bancas de revistas e levava para todos os lados, tadinha.Quem nunca?

  
3. Robert Downey Jr em Only You- Eu não só me apaixonei por ele no filme como também acabei ficando com um sósia só porque era realmente muito parecido e eu nunca que perderia a chance de trazer o platônico pro real, hohoho!
  
4. Michael C. Hall, o Dexter- Essa é paixão de agora. Gosto muitooo do Dexter, do quão inteligente e esperto ele é. Eu amo homens inteligentes!
  
5. Ryan Hurst, o Opie de Sons of Anarchy- Não é que ele seja bonito, mas é homão demais, babo horrores nesse carão de selvagem!
  
6. Chris Noth, o Big de Sex and the city. Preciso explicar o porquê? Really?
  
7. John Corbett, o Aidan de Sex and the city- Eu fico enlouquecida da perequita pelos bad guys, mas acabo com os bons meninos. O Aidan, além de ser homão que sabe preencher uma calça jeans, é bom moço de coração bão.
  
8. O estilista Marc Jacob – Acho-o muito sexy e queria ser um homão só pra pegar ele.

  
9. Alexander Skarsgård, o Eric de True Blood- É sueco, é delicioso, é sínico, ácido, engraçado, ai, ai, como eu queria esbarrar com ele…
  
10. Por último, mas não menos importante, Pablo Schreiber, o Mendez de Orange is the new black. Antes que você me chame de louca, veja a realidade das coisas:

  
   
    
 
Affff, ovulei horrores agora!Deu até vontade de… Deixa pra lá que isso aqui é blog de família!
Imagens-Reprodução

Páscoa na Escandinávia

Primeiro de tudo, Glad Påsk!

  
Estou passando o feriadão na terra do marido (Suecolândia) e é muito lindo ver o quanto eles se dedicam a páscoa. Não tem os deliciosos ovos de chocolate brasileiros, mas tem tantas outras tradições que compensam a falta que a terrinha faz, especialmente em dias como este.
Vamos às curiosidades!!!
Decoração

-Ao contrário do Brasil, o personagem principal da Páscoa escandinava é a galinha.

   
 Se pararmos para pensar, nada faz mais sentido, pois é ela que coloca ovos e não o coelho. Por isso, encontramos por todos os lados galinhas, pintinhos, penas coloridas e ovos decorando o ambiente.

   
 É também interessante notar que referências do natal estão na páscoa, como por exemplo: a árvore de páscoa, flores de páscoa, a cor predominante passa a ser o amarelo…

   

flor da páscoa
    

   

-Os ovos são de papelão, recheados por doces e pequenos ovinhos de chocolate. 

   
 -Além da galinha e do coelho, é também época das bruxas! Elas enfeitam o ambiente e são homenageadas pelas crianças que saem em procissão de casa em casa vestidas de bruxinhas desejando feliz páscoa para a vizinhança. É conhecido por Påsketog:

   

   
   
 
 

minha baby de påskekjäring em 2010
 

   

 

a cartinha de um bruxinho
  
dentro da carinha
 
doces arrecadado
   
  
Elas entregam um desenho e em troca, recebem doces. Bem Halloween mesmo.

Comidas típicas

-olha, eu não sei na Noruega, pois nunca passei a páscoa lá. Aqui na Suécia a alimentação não muda, inclusive na sexta-feira da paixão. Pelo menos na minha família sueca todos comem carne, bebem álcool e a putaria tá liberada como em um dia comum. A nossa ceia foi assim:

   
    

   Um big saladão, arroz, espetinho, frango ao curry, carne de alce, risoto de camarão e de sobremesa pudim, bolo de cenoura, torta de abacaxi e creme de baunília. Ou seja, não tem como manter a dieta.Olha o Julmust vestido de Påskemust aqui!

 

oi, tenho sabor de coca-cola choca
 

Tradição Norueguesa

-Agora, o que acho mais curioso é a tradição de assistir filmes de terror ou ler livros que tenham como tema o crime. Se chamam “påskekrim” e segundo li no wikipedia, tudo começou em 1923 com uma propaganda disfarçada do lançamento de um livro chamado “Bergenstoget plyndret i natt”( tradução livre: trem de Bergen saqueado na madrugada). O irmão do autor publicou no jornal tal manchete e muitos não notaram a referência ao livro, inundando por isso a redação em busca de notícias dos parentes que estavam naquele trem. Criou-se ai uma tradição que está viva até hoje.Além dele, é muito comum o påskequiz, juntamente com joguinhos para entreter a família que geralmente se junta na Hytte para curtir a semana de férias( expliquei sobre a Hytte neste post aqui ).

Por fim, pra fechar o posr, eis a fogueira que espanta os espíritos do mal e bruxas:

   
    
 
Os vizinhos se jutam para admirar o fogo enquanto tomam uma bebuda quente. É muito aconchegante e uma experiência da qual nunca me canso de participar. 

Agora o domingão é para relaxar e recarregar as baterias porque amanhã eu volto para Noruega e a vida de estudos e provas está apenas começando. Bom restinho de feriado pra você!

Imagens- Arquivo pessoal

Diário de Bordo:Lillehammer -Noruega

O momento é de degelo e em muito breve se formará um tapete maravilhoso de flores. Primeiro, as roxinhas, seguido das branquinhas, das margaridas e dos dentes-de-leão. Embora seja possível nevar até em maio, as temperaturas subirão sem volta e tudo será muito mais fácil de lidar. Só em não ter que me preocupar em limpar o carro pela manhã ou ter que me vestir como um astronauta toda vez que saio de casa, fico bem feliz e aliviada.

adeus vida difícil

Mesmo cansada de tanto gelo, fim de semana passado peguei a estrada com família e amigos rumo a Hafjell. É uma cidadizinha que abriga uma estação de esqui onde tradicionalmente viajamos todos os anos para curtir o inverno e os ares das montanhas( no meu caso) e esquiar, no caso da minha galera.
Estive aqui pela primeira vez em 2008, entrei na escolinha de esqui, passei muita vergonha nos elevadores que nos transportam ao topo da montanha com tombos de corar criancinhas iniciantes no esporte e finalmente triunfei sobrevivendo a uma pista de esqui intermediária. Quando finalmente cheguei ao fim dessa aventura, decidi que aquela seria a primeira e última vez que colocaria esquis embaixo dos meus pés. Trauma?Pode ser. Mas acho que aversão a esportes seria a resposta mais honesta. Não curto e pronto.

No entanto, eu gosto de juntar a galera e a única oportunidade é alugar uma Hytte por alguns dias e me mandar para lá com o povo.

Explicando-Hytte faz parte da cultura norueguesa. Se trata de uma casa na montanha onde os nativos passam férias. São simples e com decoração rústica, estilo casa de veraneio no Brasil, porém, isolados, de maneira que o norueguês pode entrar em contato com a natureza sem ter vizinho chato perturbando.

A vizinhança

   
   
Decó no interior da Hytte
   
    
 
É curioso a paixão dos noruegueses pela carcaça de veado/ alce/whatever. Eles metem a cabeça do animal em tudo quanto é lugar, até no banheiro!!!!

  

Hafjell me surpreendeu com sua temperatura, o tempo estava até bem quentinho em relação a primeira vez que lá estive no mesmo período. Me lembro que chegamos a usar correntes nos pneus do carro para conseguir avançar nas ruelas e curvas fechadíssimas que encontramos pelo caminho. Foi muito tenso. Desta vez, apesar de frio, não havia mais neve na rua e tudo parecia seguir para uma primavera gostosa.

   
  

Símbolo das Olimpíadas de Inverno de 1994
  
 
Enquanto minha galera foi esquiar, fui conhecer um pouco de Lillehammer.Esta cidade fica a mais ou menos duas horas e meia de Oslo e é conhecida por ter sediado as Olimpíadas de Inverno de 1994. Não há muito o que se fazer além de esquiar, especialmente se você leva crianças. Tivemos que rebolar para encontrar alguma atividade interessante e a primeira foi Museu Maihaugen. É no estilo do Folkemuseet, sendo que em proporções bem menores. Como é meu museu favorito em Oslo, fiquei feliz em visitar algo parecido, com exposições de casas antigas ao ar livre e a evolução histórica da sociedade norueguesa na parte interna.

   
    
    
    
    
 

Do lado tem o Museu Olímpico que visitamos no dia seguinte. É bem pequeno e sem grandes atrativos, achei muito sem graça.
 

👎
  
   
Pra ser a “a cidade olímpica” eu senti falta de algo maior, um espaço com curiosidades e até brincadeiras para crianças. 

No geral, eu curti muito o passeio, pois pude sair um pouco da rotina e estar mais com minhas amigas. No entanto, ir a um lugar assim sem o propósito de curtir esquiar realmente não é a escolha mais acertada, a não ser no inverno intenso ou verão, quando o parque Hundefossem abre as portas (✍fazer um post sobre ele).
Imagens- Arquivo pessoal

Aniversário Filipino

Felizmente no sábado tivemos um aniversário infantil pra ir, o filhinho de um casal amigos ( ele norueguês e ela, filipina) fez 3 anos! Só em pensar que não era uma festinha típica norueguesa, eu já fiquei feliz, afinal, haveria fartura! Eiiitaaa mente gorda a minha!Não que as festinhas norueguesas sejam sem graça ( ok, são sem graça sim), é só que os nativos fazem tudo simples demais: Servem apenas cachorro-quente ( pão, salsicha, katchup, mostarda, nem mais, nem menos), bolo, um saquinho de doces e só. Acompanhantes ficam de fora, ok? Só podem olhar. Não é que precise de um aniversário no estilo brasileiro, cheio de exageros e totalmente impessoal. Mas poxa, não vamos fazer festa a salsicha e água, né?Deixa o povo encher o bucho, é uma vez no ano, vamos fazer isso direito!!!

Enfim, como esperado, aquilo era um harém de comidas deliciosas. Primeiro, eles serviram um almoço com comida filipina: wok, coxas de frango, carne de panela, rolinhos primavera, bolo de carne e arroz.
De sobremesa, além do bolo do aniversariante, teve também uns 4 bolos diferentes, entre eles Cheesecake de Oreo, pudim, bolo com suspiros, bolo de aipim/macaxeira, cada um mais maravilhoso que o outro.

 

amo.amo.amo!
 
A maioria dos convidados eram filipinos amigos dela, um pessoal super simpático, caloroso e alegre. De fora, apenas eu e uma polonesa muito da nojentinha por sinal. Me irritei com a fia porque ela fez confusão por conta de um acento infantil que nem marcado era, parece coisa de segunda série do ensino fundamental, afff!!
🤓- “Mude o lugar da sua filha porque meu filho vai sentar ai.

Eu
: ???
🤓-“Nãooo, não pegue esse outro acento não, nele sentará o aniversariante ao lado do *meu filho*. 

Eu:
😤🙄
Juro que foi assim o papo. A gente cresce, assume a vida adulta e em um aniversário infantil se vê em uma situação boba como esta.Somos todos crianças afinal?Eu balanço a cabeça e levo minha menina pra bemmmm longe da infeliz porque nunca tenho uma patada pronta pra dar( raiva eterna de mim e da minha falta de improviso)
No final das contas minha filha mais velha assumiu, sem querer,o lugar honroso ao lado do aniversariante. E como sou muito adulta, me senti vingada ho ho ho ho!!!
No domingo, sem muitas opções de atividades para crianças, resolvemos passear por Eidsvoll, é o local onde foi assinada a Constituição Norueguesa dia 17 de Maio de 1814.
   
    
   
A última vez que estive ali foi em 2011, estava gravidíssima e fui em um grupo da escola, apenas para me despedir antes de tirar a licença.Desta vez não entramos porque Museu e crianças cheia de energia não é uma boa combinação. Optamos por passear pelas redondezas, deixá-las livres para correr e admirar o dia lindo.

   
    
  

lâmpadas do café Standpunkt
 

Depois da caminhada, fomos jogar boliche, um de nossos programas favoritos. O mico do dia ficou por conta de uma jogada de mestre: 
  
a esfera ficou presa ali! 

Quem consegue fazer isso?O boliche sempre reserva boas histórias como quando joguei a bola tão forte que ela foi parar na pista do vizinho… (#quemnunca ?)
Imagens- Arquivo pessoal

Só quer aparecer

Você tem mora sozinho em um local com um quarto-sala-banheiro. Sai todos os dias para tomar um ar puro e tem uma sala de ginástica disponível bem próximo a suas instalações, com esteira, bicicleta, aparelhos de musculação e um colchonete para os abdominais.

Você estuda Ciências Políticas na melhor faculdade do seu país e no lugar que você mora tem uma sala de estudos só pra você. Dentro dela uma escrivaninha, máquina de escrever elétrica, quadro de aviso em cortiça, poltrona com o descanso para os pés. 

Você também tem uma televisão com dvd, playstation, jornais, livros, quebra-cabeças e um discman. 

Você é um terrorista que matou 77 pessoas dia 22 de julho de 2011 e hoje processa o Estado por ferir os Direitos Humanos. Quer ter mais contato com o mundo, receber visitas, cartas, quem sabe ter o seu próprio programa de tv?

Você se chama Anders Behring Breivik, faz saudações nazista na primeira aparição depois de seu julgamento quatro anos atrás. A comoção, a fama,os clicks das câmeras, o circo está armado. Era tudo o que ele queria.Que comecem o julgamento!
Este mundo é mesmo inacreditável.

Notícia completa på norsk aqui

Update:
E o julgamento está cada vez mais emocionante! Segundo o jornal VG, Breivik acusa o estado de tortura e tratamento desumano, sabe porque?

  • Café frio
  • Falta de nicotina
  • Refeições industrializadas da marca mais barata e, pasme, algumas vezes repetidas duas vezes ao dia.

 

#xatiado
 
HAHAHAHAHAHAHAHA!!!!!!!

Para turista ver: Calçados de inverno

*O post é direcionado a todos que se interessam pela escandinávia, turistas e curiosos.

Só pra ilustrar a pluralidade de calçados usados por mim no inverno escandinavo.
 

Arquivo pessoal
 
Cada um tem sua função, dependendo do tipo de tempo, intensidade do frio e quantidade de neve.

❄️A galocha vermelha, por exemplo. 
  
Esta lindinha eu ganhei de dia das mães (tem já 6 anos!) e desde então supriu todas as necessidades porque ela é clássica, arrumada e alegre, além de prestar uma homenagem pro Ted Mosby hohoho ( se vc já assistiu HIMYM vai entender).Uso-a em todas as estações que incluam chuva no cardápio, inclusive no início ou fim do inverno. Em épocas como esta, adiciono um meião de fleece que é comprado separadamente. A minha é uma simples em azul escuro. No entanto, há vários modelosno mercado:

  

Para não escorregar no gelo, apelo para o brodder, um acessório anti derrapante que colocamos embaixo do calçado. É geralmente usado por idosos e portanto totalmente broxante ( tal qual uma pochete, haha), mas como eu ainda não tirei a carteira de habilitação pra caminhar no gelo, uso de boas porque não sou obrigada a levar tombo.

❄️O segundo calçado da foto é uma imitação vagabundérrima das botas Ugg. 
  
Eu paguei muito barato e ele não tem qualquer qualidade, pois não esquenta, não protege contra água ou vento. Já voltei pra casa inúmeras vezes com os pés encharcados e congelados por conta da neve derretida ter ultrapassado inclusive o solado!!!! E por que ainda mantenho essa porqueira na minha vida? Simples! Ela é perfeeeeita para dirigir! Não tira a sensibilidade do meu pé, eu não me sinto perdida ou insegura, enfim, uso dentro do carro e se for preciso, mudo de calçado ao chegar ao meu destino.
❄️O terceiro par eu comprei em uma promoção bacana na Lille vinkel Sko e elas me serviram demais antes de comprar o par charmoso da Ugg. Imita a bota Sorel:

  

Topa qualquer parada mesmo, esquenta quando é preciso e protege bem da neve, água e vento, só não possui tanta beleza. Hoje uso quando preciso sair com o cachorro e só.

❄️O quarto par eu já escrevi sobre ele neste post aqui e por isso não irei me repetir.Digo apenas que merece o Oscar de melhor calçado de inverno evahhhh!!!!
❄️O último par são botas de astronauta feitas para suportar até -40. 

  
É da Baffin e Eu não as uso com tanta frequência, só em casos de viagem para lugares mais frios ou se a quantidade de neve ultrapassa a canela.

 Claro que todos eles podem ser substituído pela por uma só bota boa tipo da Ugg que postei aqui( é charmosa, esquenta, protege da água e do vento).No meu caso, por motivos de que sou pobre e não quero gastar minhas botas novas, uso as outras no dia a dia e deixo a minha Ugg para momentos mais especiais, tipo, ir pro centro/faculdade( porque sei que lá já não tem tanta neve/lama, sacou?)

Deixei de fora dois calçados que são bem utilizados pelos nativos: tênis de inverno e sapatos para caminhadas em terreno montanhoso.

 

estudantes adorarão! Da baresko.no
 
 

Da xxl.no

Não tenho nem um nem o outro porque não me faz falta ( e porque eu não caminho em floresta/montanhas), mas pra que curte, fica a dica.
Imagens- Reprodução

Como lidar?

  • Como lidar com o bafo de cachaça dentro do ônibus às 8h da madrugada?
  • Como lidar com o Azzaro no mesmo ônibus e no mesmo horário?
  • E o tiozinho que senta do teu lado ouvindo metal no último volume e incomodando a paz e silêncio no ônibus?
  • Como lidar com gente comendo maçã no ônibus?
  • Como lidar com um tarado no ônibus?
  • Como lidar com gente fazendo Snapchat ou foto pro Instagram no meio da aula?
  • Como lidar quando você precisa desviar pra não sair nessas mesmas fotos?
  • Como lidar com mãe idiota fazendo questão de lugar marcado em festa infantil quando não havia nome na cadeira da criança e a minha filha havia chegado PRIMEIRO!!!!
  • Como lidar com a má educação das pessoas, a falta de um por favor e um obrigado?
  • Como lidar quando você quase perde a mão ( dramática) pra segurar o elevador pra alguém e a pessoa filhadaputíssimamente não só não agradece como te ignora por completo?

Ao menos o céu é azul, o sol está brilhando e eu abandonei o casacão de inverno.
  

Imagem- Arquivo pessoal

 

O Espantalho do gelo

Março chegou e nem sinal da neve ir embora. Muito pelo contrário, no fim de semana passado nevou móoooooiiitooo ( e se reclamar, neva mais de novo rsrs). O jeito é respirar fundo e aproveitar bem o que a neve tem de bom. No meu caso, é ficar dentro de casa no calor da minha sala, junto com meus livros e séries( Beijos, Harvey Specter!). No caso das minhas meninas, é brinca de guerra com bolas de neve, esquiar ou fazer adoráveis bonecos de neve.

  

espantalho do gelo

  

Este boneco de neve me fez recordar um causo que aconteceu comigo. Certa vez, viajando com marido e filhas no Brasil, deixamos nossa casa aos cuidados de certas pessoas, sendo que uma delas eu não tenho intimidade alguma. Imagine ai pensar que sua casinha, santuário de sua privacidade, sendo frequentada por alguém que você não conhece bem na sua ausência. Me dá até hoje aflição em imaginar sua liberdade pelos cômodos da casa, gavetas, o olhar investigativo, acusatório ou debochador sob meus pertences… Olha, foi difícil.Eu só não surtei mais porque o que os olhos não veem, o coração não sente…quer dizer, pera! Aqui está! Um de meus familiares me vem mostrar a foto dessa pessoa publicada no Facebook, rede social esta que o indivíduo em questão havia me deletado um tempo atrás( na época que eu tinha facebook), sem qualquer motivo aparente. Tipo, a pessoa que estava na minha casa declaradamente não gosta de mim, massa, né?

E a foto? Era de um boneco de neve como este, no jardim da minha casa, usando como indumentária  MEU CACHECOL e GORRO! Quer mais? Essa pessoa também estava usando o meu gorro-caro-quentinho-preferido.Rum!😡

Meu, eu tento ser uma pessoa evoluída, centrada, que costuma deixar esse tipo de coisa pra lá, perdoar e de fato perdoei, porque o bem que a outra pessoa fez na minha casa foi muito maior. Mas eu não esqueço o descaso e falta de respeito em pegar coisa minha sem o meu consentimento.

O povo lá de casa ficou tirando a maior onda comigo, dizendo que a pessoa estava usando minhas peças íntimas e eu, no maior sorriso amarelo não crendo no ocorrido. Mal vejo a hora de fazer bonequinhos de neve na casa da pessoa, nos mesmos moldes que ela fizera no meu, sabe… Porque segundo Louis Litt:

 

Revenge is the best revenge

Ok, vingança é só na minha mente porque não tenho bolas não sou disso.Mas tá valendo.

Imagens- Arquivo pessoal

Boas notícias

Você abre o site de notícias e se depara com isto:
 

Chocolate pode diminuir o risco de infarto
 
E que ninguém venha cortar meu barato dizendo que a pesquisa é duvidosa, que aparece agora só por conta da páscoa, que podem ser outros fatores ou que só vale se for o chocolate amargo. Eu leio este tipo de notícia de forma seletiva, de modo que só o que apetece é considerado ho ho ho! 

Chocolate faz bem, ponto!( esperado ansiosamente pela defesa do chips de vinagre)

Falando em chocolate, esse fim de semana eu fiz um tal de bolo elfo que vi em no blog da Luana e simplemente me apaixonei com a simplicidade e o sabor( vejam a receita ). Se trata do bolo sueco chamado Kläddkaka, um primo do brownie. Ele não leva fermento e a consistência é massuda, é uma delicinha.

 

Arquivo pessoal
 
Não é o mais bonito, porém, é muito gostoso.Ignore o furo do garfo( minhabarriga  totalmente ignorou), é que eu gosto bem sequinho. 

Engraçado é que morando do lado de cá todos estes anos, nunca me atrevi a fazer a receita antes por motivos de que preguiça me define. Agora, sei tudo de cabeça e me sinto A chef por ter essa carta na manga caso alguém venha me visitar e eu não tenha mais que água e café para oferecer. Em menos de meia hora o bolo está quentinho no prato, pronto para devorar! Delícia!!!