Desconectando para se conectar

A última postagem que vi no Facobook foi algo tocante e incrível. Parecia um último apelo, um sinal para que realmente eu seguisse com meu intento.


Assim, eu estava já querendo deletar meu perfil há muito tempo, motivos não me faltavam. Seja por alguns stalkers indesejados, pelo meu vício e pela dedicação aos estudos, eu sabia que eu precisava abandonar a rede social para dar conta das minhas responsabilidades Queria fazer isso este fim de semana, já que minhas aulas começarão na terça. Porém, assistir este vídeo fez com que, de fato, eu percebesse que mais do que os estudos, os stalkers ou qualquer outra motivação menor, eu precisava me desconectar para me conectar com quem realmente interessa. Minhas filhas, meu marido e minha família estavam ali invisíveis todas as vezes que eu pegava o celular pra “checar uma coisa, bem rapidinho”. O vício é terrível e precisa ser combatido, afinal, é mesmo importante aquela notícia ou vídeo de humor bobo? E as postagens exaustante de selfies na academia, da comida horrorosa do dia ou da farra na noite anterior?Ninguém pensa no quanto isso tudo é doente e deprimente.

O telefone precisa ser colocado de lado e a iniciativa maior eu acabei de fazer. Será estranho acordar amanhã sem poder ver as atualizações dos meus amigos, as notícias e postagens bobas de doer. ( tive um dia bem tranquilo, sem tremedeiras ou curiosidades desmedida)

Anúncios

3 pensamentos sobre “Desconectando para se conectar

  1. Compreendo tão bem.
    Eu tinha a comunidade do meu blog. Tenho lá, mas parei com aquilo, tirei as pessoas…pq as pessoas que lá estava não eram as que viam o meu blog, q comentavam no meu blog..
    Acho o mundo nas redes sociais, mas em particular, no facebook, uma pquena grande aldeia. Uma mentalidade de aldeia.
    Se observar, apesar do difícil mundo que vivemos, todos estão lá felizes, sorridentes. Poucos falam da sua dor, das suas angústias, das suas necessidades…é uma vitrine ou montra de vaidades.
    Há pessoas que não lêem mais , que não assistem a um bom filme, pq está lá a ver a vida dos seus não sei quantos “amigos”.
    A rede social tem , por muito poucas vezes, um benefício social, por exemplo, quando desaparecem pessoas.
    No entanto, vejo muito mais desvantagens.
    Abraço, o Miau do Leão

    Liked by 1 person

    1. Candy Girl

      Pra você ver como a coisa perdeu todo o sentido, que era manter contato com os amigos. A maioria dos meus contatos ali não tinham qualquer interação comigo. Pessoas com quem estudei, amigos de infância, adolescência, parentes e até alguns familiares, uma turma que anda muito distante e não é só geograficamente.
      Eu mesma ocultei muita gente porque não tolerava as postagens bobas. Acabou que nos últimos tempos me restou apenas as notícias e páginas de humor.
      Bom, RIP, Facebook!

      Liked by 1 person

  2. Isso Tb senti.
    Outro dia falei o mesmo com ex colega de faculdade.
    Mais sinto q as pessoas aos poucos estão a se dar conta. E, se não abandonam estão a ter mais cuidados com suas vidas expostas.
    No entanto, é triste ver alguns jornais online q só permitem comentários através do facebook. Se o nível dos comentários não eram bons, então agora são um desastre.

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s