Luke 15: Cartões de papel

Há quem ache ultrapassados, há quem não curta enviar, há quem prefere mandar os desejos de feliz natal em uma postagem do facebook mesmo.Eu sou daquelas que ainda preserva o costume de enviar cartões de natal de papel. E não são os modelos sofisticados não! Apesar de amar receber cartão-foto, eu sou realmente apaixonada pelos cartões antigos e é eles que escolho a dedo quando vou enviar um carinho pelo correio.

  
O ato de me sentar, escolher o cartão, os dizeres, escolher a quem escrever e enviar é um prazer duplo, tanto para quem envia ( pelo fato de enviar e ficar feliz pela pessoa que recebe) quanto pra quem recebe, por ser lembrado.

Eu aprecio demais e todos os que recebo, exponho-os na minha árvore de natal, bem a moda do interior.É como se, por alguns minutos, eu revivesse minha infância no Brasil. 

 Aqui na Escandinávia, pelo menos nos países que tenho mais contato com a cultura, ainda está em voga este adorável costume. Na escolinha da minhas filhas, as crianças fabricam o próprio cartão nas oficinas de natal e enviam pelo correio para os pais ou avós. Também recebo cartões de familiares e vizinhos, algo que me deixa bem contente.

Um carinho natalino pra alegrar o dia.

Imagem- Arquivo pessoal

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s