Luke 12: Julebord ou festa de confraternização

Eis uma festa típica natalina, o momento do red carpet anual, dia de esbanjar todos os glitters e tirar a barriga da miséria: a festinha da empresa.Lá todos os desejos se tornam reais depois de alguns goles de Aquavit, e, dizem as más línguas que a galera se libera até demais, se é que você me entende. Lembro que certa vez fui a um julebord no navio. No jantar, logo após o discurso do dono da empresa, um dos colegas do meu marido simplesmente baixou as calças e mostrou a raba peluda para quem quisesse apreciar a cena. Foi grotesco, o tipo de coisa que realmente atesta que esses festejos podem ser desagradáveis se você não for embora na hora certa.Quando vamos a confraternizações do tipo, nos recolhemos logo após o jantar porque acho que o ambiente de trabalho é o menos apropriado pra causar bafão. 

Infelizmente este ano optamos por não comparecer nas festas que fomos convidados. Além de não ter quem olhasse nossas filhotas, o outro dia é sempre muito difícil para os pais de família após uma noite de farra. Escolhemos por nos preservar, afinal, logo viajaremos para o Brasil e a festa grande será lá 😄.

No entanto, ontem reunimos uma parte da família sueca e fomos fazer uma farrinha alimentar no Ikea! Sim, eles oferecem uma mesa natalina para quem pagar 120kr pelo prato. 

  
Comida de primeira por um precinho mínimo, já que uma ceia de verdade não sai por menos de 300kr.

  
Fica a dica!!! Nhamnham!
Imagens-Arquivo pessoal

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s